Número 163       quarta-feira, 24 de julho de 2013
Twitter Youtube       
Acontece
Agenda Cultural
Artigo
Destaque
Notícias
Outras Edições

EXPEDIENTE
Produção, reportagem e projeto gráfico
  Gerência Integrada de Comunicação e Marketing
   
Fotos
  Banco de Imagens do Sistema Fiemg
   
Contato
   
 
Newsletter
  Cadastre-se e receba via
e-mail as novidades.
  Nome / Empresa
 
  E-mail
 
 
 
 
 
DESTAQUE
Governança e gestão para Agenda Minas

Os presidentes de entidades de classe empresariais mineiras se reuniram no dia 24 de abril, em Brasília, com os deputados da bancada do estado na Câmara Federal. O modelo de governança e gestão adotado pelo Sistema Fiemg no projeto Nova 381 será referência para o trabalho com a Agenda de Convergência para o Desenvolvimento de Minas Gerais. Os parlamentares aprovaram a forma de condução das ações, que foi apresentada pelo presidente da Federação, Olavo Machado Junior, e pelo presidente da sua Regional no Vale do Aço, Luciano Araújo.


Os líderes empresariais e os parlamentares definiram, ainda, nove projetos da Agenda Minas, do total de 16, que serão priorizados. Além da duplicação da BR-381, serão trabalhados primeiramente: construção do Rodoanel Metropolitano (na Região Metropolitana de Belo Horizonte); direcionamento de recursos para o Sistema de Educação; liberação de recursos para a construção de parques tecnológicos; instalação do Tribunal Regional Federal em Minas Gerais; criação do marco regulatório para mineração; destinação de recursos para o Sistema de Defesa Social; duplicação da BR-116; e a concessão do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, em parceria público-privada.


Para o presidente da Fiemg, o sucesso dos mineiros com a Agenda é fundamental para que o estado saia do ostracismo político em que se encontra no plano federal. “A governança que propomos contribui para o avanço dos projetos e para dar visibilidade aos nossos pleitos junto à União. Estamos perdendo corpo político e precisamos reverter esse processo para crescermos”, disse.


Nova 381


O modelo de governança e gestão do projeto Nova 381 é baseado no debate técnico e na transparência. A ação, de ampla mobilização social, conta com levantamento de informações sobre a rodovia e sobre como a sua duplicação impactará positivamente na economia mineira. Todo o trabalho ganha publicidade pelo site
www.nova381.com.br. A proposta visa, além de apoiar e monitorar a obra, elaborar e implantar um plano de desenvolvimento do leste de Minas Gerais nos próximos sete anos.


Agenda Minas


O documento elaborado no último ano pelas entidades de classe empresariais de Minas Gerais contém 16 projetos considerados fundamentais para o desenvolvimento do estado, reunidos em cinco grupos: projetos de investimentos da Petrobras no estado, que representa 10% do faturamento da empresa e recebe 1% de seus investimentos; projetos de infraestrutura a serem executados com parcerias público-privadas; projetos de infraestrutura a serem executados com recursos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC); projetos de educação, saúde, economia do conhecimento, defesa social e cultura; outras prioridades específicas, como a instalação do Tribunal Regional Federal em Minas Gerais.

 

 
 
 
 
Fato Industrial - Informativo Eletrônico produzido pela Gerência de Comunicação e Marketing do Sistema Fiemg